Como Trazer Diferentes Tipos de Leads para Seus Sites

Falar em leads é algo que vem muito das configurações de empresas mais tradicionais. “Lead” é um termo que vem especificamente de vendas e marketing e geralmente descreve um contato que uma empresa irá ligar ou enviar por e-mail para tentar incentivar as vendas.

Hoje, porém, muitos negócios são realizados online. Como tal, os leads assumem uma forma ligeiramente diferente e, embora o básico ainda seja verdadeiro, a maneira como você interage com esses clientes em potencial será diferente.

Por exemplo, um lead frio – alguém que se encaixa no seu público-alvo, mas ainda não teve nenhuma interação com você – normalmente é aquele cujo número uma empresa comprou e com quem eles tentam entrar em contato por telefonema frio. No entanto, se sua empresa estiver on-line, é mais provável que esse lead frio seja alguém que acabou de chegar ao seu site.

Em outras palavras, quando você está online, você tem diferentes métodos de aquisição de leads. Além disso, a maneira pela qual você adquire seus leads realmente afetará o tipo de lead que você possui.

Por exemplo…

SEO

Ao usar o SEO (otimização de mecanismo de pesquisa) para promover seu site, você está tentando fazer com que o site seja classificado para uma frase-chave específica. Dependendo da frase-chave escolhida, você poderá atrair vendas pré-qualificadas para o seu site.

Como é que isso funciona? Simples: se sua frase-chave se refere à compra de um produto (“compre chapéus online”) e é isso que você deseja vender, as pessoas que acessam seu site demonstram interesse em comprar seus produtos. Essa é a definição de uma venda qualificada e isso significa que é possível converter esses leads em clientes pagantes com um pouco mais de esforço.

PPC

Por outro lado, se você conseguir alguém no seu site usando PPC no Facebook, eles serão leads frios. Mas nem todos os leads frios são iguais e você pode argumentar que esses são leads particularmente desejáveis, pois serão altamente segmentados. Isso ocorre porque você pode usar a filtragem no Facebook para exibir seus anúncios apenas para pessoas que correspondem exatamente ao seu público-alvo.

Por outro lado, o Google AdWords permite que você segmente pesquisas de palavras-chave específicas no Google, o que significa que você pode gerar vendas qualificadas. Melhor ainda, usando o remarketing, você pode segmentar pessoas que acessaram seu site e visualizaram realmente seus produtos!

Faça aqui o seu comentário